Indice                                                 compilado por Beraldo Figueiredo                                                                                         Página Principal

TANTRISMO

TANTRISMO, A MAGIA SEXUAL

 

            O Tantrismo, considerado a essência da yoga, é o desenvolvimento da energia vital através do ato sexual.  Essa energia vital, denominada Kundalini, é a mesma energia sexual dinamizada e transmutada que sobe pela medula em direção ao cérebro, eliminando os casos de impotência ou ejaculação precoce, proporcionando com o tempo melhoria da inteligência, melhor qualidade de saúde, de raciocínio, criatividade artística e intelectual, cura do estresse e da depressão, alegria de viver, prazer e permanente sensação de bem estar.  Isto sem entrar no mérito das implicações filosóficas, morais ou religiosas ocidentais que aconselham ou não o tantrismo como doutrina.

Esse método oriental da yoga tântrica consiste na prática do ato sexual entre casais que concordam mutuamente em relaxar antes do clímax e depois continuar, podendo o ato prolongar-se por horas a fio com prazer e sem cansar.

            A vantagem funcional dessa prática é gerar e economizar o esperma dentro das suas glândulas e canais, fazendo-o circular, renovando-o e o tornando um combustível de alta qualidade energética para o bom desempenho do organismo e das faculdades psíquicas, neurológicas e cerebrais.

            Tanto o homem como a mulher devem estar conscientes desse objetivo em comum que, antes de causar apenas o prazer proporcionado pelo orgasmo puro e simples, com o derramamento de esperma, é retê-lo e desenvolver um prazer maior e quase permanente, o da prática do ato sexual a qualquer momento e sem a necessidade de recompor energias.

            Quem o pratica pode transar sem cansar por uma, duas, três ou mais horas, com prazer constante, sem a necessidade de aguardar ansiosamente pelo orgasmo comum, que não acontece, pois fica sob controle, mas é substituído por um estado de gozo permanente enquanto durar o ato, como uma espécie de “êxtase” prolongado.

            Eu tive a oportunidade de comprovar a eficácia desse método ao conviver, em Porto Alegre, com um casal de amigos que o praticava havia já algum tempo e sobre o qual falavam abertamente comigo.  Ela era professora (52 anos) e ele dono de uma loja de calçados (57).  Transavam diariamente, em diferentes horários.  E dava gosto de ver como se relacionavam bem, como se fossem um casal de namorados, com uma grande ternura espiritual,  verdadeiramente felizes e apaixonados um pelo outro.

            Como tinham apenas uma filha de l5 anos e não desejavam ter mais filhos, haviam começado a freqüentar um grupo de estudos de yoga tântrica que se reunia para assistir a aulas teóricas, sob a supervisão de um mestre que seguia os ensinamentos do indiano Rashneesh.  Mas com o passar do tempo, infelizmente, esse mesmo grupo começou a desvirtuar a essência da doutrina e este casal resolveu se afastar.

Então continuaram praticando em casa, uma vez que as regras do tantrismo eram, e são, bastante simples de serem seguidas.

Tudo começa com as carícias preliminares.  Depois vem o ato, propriamente dito, que deve iniciar-se o mais suavemente possível. Na medida em que a coisa for esquentando, ambos devem ir relaxando, conforme a necessidade de cada um para dominar o impulso do gozo, até adquirirem um perfeito e absoluto controle do prazer, prolongando-o indefinidamente.

No início podem ocorrer “acidentes de percurso”. Isso é normal.  Se acontecer, com um ou com outro, devem ter paciência com a ligeira e agradável exaustão que sucede ao orgasmo.  Mas vão precisar de algum tempo para recompor a energia perdida.  E aí devem recomeçar tudo novamente.  Até aprender.

Quando lograrem esse objetivo, de interromper o ato sexual no momento que desejarem e o retomarem quando quiserem, então estarão prontos para o adestramento dessa prática maravilhosa, cujos bons resultados serão obtidos com o passar do tempo.

Entre as muitas vantagens do tantrismo, também denominado alquimia ou magia sexual, está a eliminação natural da possibilidade de engravidar, para os casais que não desejarem ter filhos.  Antes, porém, de o tentarem, recomendaria consultarem um especialista no assunto, lerem o método e tomarem conhecimento de eventuais reações adversas como eventuais dores de cabeça e outros pequenos mal-estares comuns aos iniciantes.

 

                                                                                      (Luciano Machado) 



Fonte: http://www.webartigos.com/articles/14741/1/TANTRISMO-A-MAGIA-SEXUAL/pagina1.htmll#ixzz1DWSbgdmw

TANTRISMO, A MAGIA SEXUAL

 

            O Tantrismo, considerado a essência da yoga, é o desenvolvimento da energia vital através do ato sexual.  Essa energia vital, denominada Kundalini, é a mesma energia sexual dinamizada e transmutada que sobe pela medula em direção ao cérebro, eliminando os casos de impotência ou ejaculação precoce, proporcionando com o tempo melhoria da inteligência, melhor qualidade de saúde, de raciocínio, criatividade artística e intelectual, cura do estresse e da depressão, alegria de viver, prazer e permanente sensação de bem estar.  Isto sem entrar no mérito das implicações filosóficas, morais ou religiosas ocidentais que aconselham ou não o tantrismo como doutrina.

Esse método oriental da yoga tântrica consiste na prática do ato sexual entre casais que concordam mutuamente em relaxar antes do clímax e depois continuar, podendo o ato prolongar-se por horas a fio com prazer e sem cansar.

            A vantagem funcional dessa prática é gerar e economizar o esperma dentro das suas glândulas e canais, fazendo-o circular, renovando-o e o tornando um combustível de alta qualidade energética para o bom desempenho do organismo e das faculdades psíquicas, neurológicas e cerebrais.

            Tanto o homem como a mulher devem estar conscientes desse objetivo em comum que, antes de causar apenas o prazer proporcionado pelo orgasmo puro e simples, com o derramamento de esperma, é retê-lo e desenvolver um prazer maior e quase permanente, o da prática do ato sexual a qualquer momento e sem a necessidade de recompor energias.

            Quem o pratica pode transar sem cansar por uma, duas, três ou mais horas, com prazer constante, sem a necessidade de aguardar ansiosamente pelo orgasmo comum, que não acontece, pois fica sob controle, mas é substituído por um estado de gozo permanente enquanto durar o ato, como uma espécie de “êxtase” prolongado.

            Eu tive a oportunidade de comprovar a eficácia desse método ao conviver, em Porto Alegre, com um casal de amigos que o praticava havia já algum tempo e sobre o qual falavam abertamente comigo.  Ela era professora (52 anos) e ele dono de uma loja de calçados (57).  Transavam diariamente, em diferentes horários.  E dava gosto de ver como se relacionavam bem, como se fossem um casal de namorados, com uma grande ternura espiritual,  verdadeiramente felizes e apaixonados um pelo outro.

            Como tinham apenas uma filha de l5 anos e não desejavam ter mais filhos, haviam começado a freqüentar um grupo de estudos de yoga tântrica que se reunia para assistir a aulas teóricas, sob a supervisão de um mestre que seguia os ensinamentos do indiano Rashneesh.  Mas com o passar do tempo, infelizmente, esse mesmo grupo começou a desvirtuar a essência da doutrina e este casal resolveu se afastar.

Então continuaram praticando em casa, uma vez que as regras do tantrismo eram, e são, bastante simples de serem seguidas.

Tudo começa com as carícias preliminares.  Depois vem o ato, propriamente dito, que deve iniciar-se o mais suavemente possível. Na medida em que a coisa for esquentando, ambos devem ir relaxando, conforme a necessidade de cada um para dominar o impulso do gozo, até adquirirem um perfeito e absoluto controle do prazer, prolongando-o indefinidamente.

No início podem ocorrer “acidentes de percurso”. Isso é normal.  Se acontecer, com um ou com outro, devem ter paciência com a ligeira e agradável exaustão que sucede ao orgasmo.  Mas vão precisar de algum tempo para recompor a energia perdida.  E aí devem recomeçar tudo novamente.  Até aprender.

Quando lograrem esse objetivo, de interromper o ato sexual no momento que desejarem e o retomarem quando quiserem, então estarão prontos para o adestramento dessa prática maravilhosa, cujos bons resultados serão obtidos com o passar do tempo.

Entre as muitas vantagens do tantrismo, também denominado alquimia ou magia sexual, está a eliminação natural da possibilidade de engravidar, para os casais que não desejarem ter filhos.  Antes, porém, de o tentarem, recomendaria consultarem um especialista no assunto, lerem o método e tomarem conhecimento de eventuais reações adversas como eventuais dores de cabeça e outros pequenos mal-estares comuns aos iniciantes.

 

                                                                                      (Luciano Machado) 



Fonte: http://www.webartigos.com/articles/14741/1/TANTRISMO-A-MAGIA-SEXUAL/pagina1.htmll#ixzz1DWSbgdmw

TANTRISMO, A MAGIA SEXUAL

 

            O Tantrismo, considerado a essência da yoga, é o desenvolvimento da energia vital através do ato sexual.  Essa energia vital, denominada Kundalini, é a mesma energia sexual dinamizada e transmutada que sobe pela medula em direção ao cérebro, eliminando os casos de impotência ou ejaculação precoce, proporcionando com o tempo melhoria da inteligência, melhor qualidade de saúde, de raciocínio, criatividade artística e intelectual, cura do estresse e da depressão, alegria de viver, prazer e permanente sensação de bem estar.  Isto sem entrar no mérito das implicações filosóficas, morais ou religiosas ocidentais que aconselham ou não o tantrismo como doutrina.

Esse método oriental da yoga tântrica consiste na prática do ato sexual entre casais que concordam mutuamente em relaxar antes do clímax e depois continuar, podendo o ato prolongar-se por horas a fio com prazer e sem cansar.

            A vantagem funcional dessa prática é gerar e economizar o esperma dentro das suas glândulas e canais, fazendo-o circular, renovando-o e o tornando um combustível de alta qualidade energética para o bom desempenho do organismo e das faculdades psíquicas, neurológicas e cerebrais.

            Tanto o homem como a mulher devem estar conscientes desse objetivo em comum que, antes de causar apenas o prazer proporcionado pelo orgasmo puro e simples, com o derramamento de esperma, é retê-lo e desenvolver um prazer maior e quase permanente, o da prática do ato sexual a qualquer momento e sem a necessidade de recompor energias.

            Quem o pratica pode transar sem cansar por uma, duas, três ou mais horas, com prazer constante, sem a necessidade de aguardar ansiosamente pelo orgasmo comum, que não acontece, pois fica sob controle, mas é substituído por um estado de gozo permanente enquanto durar o ato, como uma espécie de “êxtase” prolongado.

            Eu tive a oportunidade de comprovar a eficácia desse método ao conviver, em Porto Alegre, com um casal de amigos que o praticava havia já algum tempo e sobre o qual falavam abertamente comigo.  Ela era professora (52 anos) e ele dono de uma loja de calçados (57).  Transavam diariamente, em diferentes horários.  E dava gosto de ver como se relacionavam bem, como se fossem um casal de namorados, com uma grande ternura espiritual,  verdadeiramente felizes e apaixonados um pelo outro.

            Como tinham apenas uma filha de l5 anos e não desejavam ter mais filhos, haviam começado a freqüentar um grupo de estudos de yoga tântrica que se reunia para assistir a aulas teóricas, sob a supervisão de um mestre que seguia os ensinamentos do indiano Rashneesh.  Mas com o passar do tempo, infelizmente, esse mesmo grupo começou a desvirtuar a essência da doutrina e este casal resolveu se afastar.

Então continuaram praticando em casa, uma vez que as regras do tantrismo eram, e são, bastante simples de serem seguidas.

Tudo começa com as carícias preliminares.  Depois vem o ato, propriamente dito, que deve iniciar-se o mais suavemente possível. Na medida em que a coisa for esquentando, ambos devem ir relaxando, conforme a necessidade de cada um para dominar o impulso do gozo, até adquirirem um perfeito e absoluto controle do prazer, prolongando-o indefinidamente.

No início podem ocorrer “acidentes de percurso”. Isso é normal.  Se acontecer, com um ou com outro, devem ter paciência com a ligeira e agradável exaustão que sucede ao orgasmo.  Mas vão precisar de algum tempo para recompor a energia perdida.  E aí devem recomeçar tudo novamente.  Até aprender.

Quando lograrem esse objetivo, de interromper o ato sexual no momento que desejarem e o retomarem quando quiserem, então estarão prontos para o adestramento dessa prática maravilhosa, cujos bons resultados serão obtidos com o passar do tempo.

Entre as muitas vantagens do tantrismo, também denominado alquimia ou magia sexual, está a eliminação natural da possibilidade de engravidar, para os casais que não desejarem ter filhos.  Antes, porém, de o tentarem, recomendaria consultarem um especialista no assunto, lerem o método e tomarem conhecimento de eventuais reações adversas como eventuais dores de cabeça e outros pequenos mal-estares comuns aos iniciantes.

 

                                                                                      (Luciano Machado) 



Fonte: http://www.webartigos.com/articles/14741/1/TANTRISMO-A-MAGIA-SEXUAL/pagina1.htmll#ixzz1DWSbgdmw

 

TANTRISMO, A MAGIA SEXUAL

 

O Tantrismo, considerado a essência da yoga, é o desenvolvimento da energia vital através do ato sexual.  Essa energia vital, denominada Kundalini, é a mesma energia sexual dinamizada e transmutada que sobe pela medula em direção ao cérebro, eliminando os casos de impotência ou ejaculação precoce, proporcionando com o tempo melhoria da inteligência, melhor qualidade de saúde, de raciocínio, criatividade artística e intelectual, cura do estresse e da depressão, alegria de viver, prazer e permanente sensação de bem estar.  Isto sem entrar no mérito das implicações filosóficas, morais ou religiosas ocidentais que aconselham ou não o tantrismo como doutrina.

 

Esse método oriental da yoga tântrica consiste na prática do ato sexual entre casais que concordam mutuamente em relaxar antes do clímax e depois continuar, podendo o ato prolongar-se por horas a fio com prazer e sem cansar.

 

A vantagem funcional dessa prática é gerar e economizar o esperma dentro das suas glândulas e canais, fazendo-o circular, renovando-o e o tornando um combustível de alta qualidade energética para o bom desempenho do organismo e das faculdades psíquicas, neurológicas e cerebrais.

Tanto o homem como a mulher devem estar conscientes desse objetivo em comum que, antes de causar apenas o prazer proporcionado pelo orgasmo puro e simples, com o derramamento de esperma, é retê-lo e desenvolver um prazer maior e quase permanente, o da prática do ato sexual a qualquer momento e sem a necessidade de recompor energias.

 

Quem o pratica pode transar sem cansar por uma, duas, três ou mais horas, com prazer constante, sem a necessidade de aguardar ansiosamente pelo orgasmo comum, que não acontece, pois fica sob controle, mas é substituído por um estado de gozo permanente enquanto durar o ato, como uma espécie de “êxtase” prolongado.

 

Eu tive a oportunidade de comprovar a eficácia desse método ao conviver, em Porto Alegre, com um casal de amigos que o praticava havia já algum tempo e sobre o qual falavam abertamente comigo.  Ela era professora (52 anos) e ele dono de uma loja de calçados (57).  Transavam diariamente, em diferentes horários.  E dava gosto de ver como se relacionavam bem, como se fossem um casal de namorados, com uma grande ternura espiritual,  verdadeiramente felizes e apaixonados um pelo outro.

 

Como tinham apenas uma filha de l5 anos e não desejavam ter mais filhos, haviam começado a freqüentar um grupo de estudos de yoga tântrica que se reunia para assistir a aulas teóricas, sob a supervisão de um mestre que seguia os ensinamentos do indiano Rashneesh.  Mas com o passar do tempo, infelizmente, esse mesmo grupo começou a desvirtuar a essência da doutrina e este casal resolveu se afastar.

 

Então continuaram praticando em casa, uma vez que as regras do tantrismo eram, e são, bastante simples de serem seguidas.

 

 Tudo começa com as carícias preliminares.  Depois vem o ato, propriamente dito, que deve iniciar-se o mais suavemente possível. Na medida em que a coisa for esquentando, ambos devem ir relaxando, conforme a necessidade de cada um para dominar o impulso do gozo, até adquirirem um perfeito e absoluto controle do prazer, prolongando-o indefinidamente.

 

No início podem ocorrer “acidentes de percurso”. Isso é normal.  Se acontecer, com um ou com outro, devem ter paciência com a ligeira e agradável exaustão que sucede ao orgasmo.  Mas vão precisar de algum tempo para recompor a energia perdida.  E aí devem recomeçar tudo novamente.  Até aprender.

 

Quando lograrem esse objetivo, de interromper o ato sexual no momento que desejarem e o retomarem quando quiserem, então estarão prontos para o adestramento dessa prática maravilhosa, cujos bons resultados serão obtidos com o passar do tempo.

 

Entre as muitas vantagens do tantrismo, também denominado alquimia ou magia sexual, está a eliminação natural da possibilidade de engravidar, para os casais que não desejarem ter filhos.  Antes, porém, de o tentarem, recomendaria consultarem um especialista no assunto, lerem o método e tomarem conhecimento de eventuais reações adversas como eventuais dores de cabeça e outros pequenos mal-estares comuns aos iniciantes.

 

Luciano Machado

                                                                                  

Fonte:
http://www.webartigos.com/articles/14741/1/TANTRISMO-A-MAGIA-SEXUAL/pagina1.htmll#ixzz1DWSbgdmw

 

 

 
 
 
   
 
   
                                    Indice                                                 compilado por Beraldo Figueiredo                                                                                         Página Principal